Criação do Comitê Estadual de Defesa dos Direitos Humanos das Pessoas com Doenças Raras

No Brasil, há cerca de 13 milhões de pessoas com doenças raras. Existem de seis a oito mil tipos dessas doenças, e 30% dos pacientes morrem antes dos cinco anos de idade. Para dar voz e conscientizar a população sobre os direitos dos pacientes com essas condições, Átila Alexandre Nunes criou em março deste ano, o Comitê Estadual de Defesa dos Direitos Humanos das Pessoas com Doenças Raras. Seu objetivo com essa iniciativa foi apenas garantir mais dignidade aos pacientes que já sofrem tanto.

O Código de Defesa do Consumidor Deve Ser Ensinado nas Escolas
Em 2013, quando era vereador do Município do Rio, Átila Alexandre Nunes percebeu que os consumidores muitas vezes eram prejudicados
O Dia do Jovem Umbandista
Combatendo sempre a Intolerância Religiosa, Átila Alexandre Nunes criou a Lei 5575/13, que reconhece e estimula a participação dos jovens
Núcleo de apoio a policias e familiares de Vítimas
Nos últimos anos, Átila Alexandre Nunes articulou parcerias entre universidades e a Secretaria de Direitos Humanos e Políticas para Mulheres.