Núcleo de apoio a policias e familiares de Vítimas

Nos últimos anos, Átila Alexandre Nunes articulou parcerias entre universidades e a Secretaria de Direitos Humanos e Políticas para Mulheres. recebeu diversas mães e mulheres de policiais mortos em confrontos, ou que ficaram com sequelas gravíssimas. Pensando no que fazer para auxiliar estas famílias, ele decidiu criar o Núcleo de Apoio a Familiares e Policiais Vítimas. Este núcleo, que funciona através da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, oferece apoio a familiares e policiais vítimas no Rio de Janeiro. Entre os serviços, estão o auxílio para o reconhecimento da paternidade de filhos de policiais mortos e assistência jurídica e psicossocial, além de fornecer gratuidade para oficialização de casamento.Nos últimos anos, Átila A. Nunes recebeu diversas mães e mulheres de policiais mortos em confrontos, ou que ficaram com sequelas gravíssimas. Pensando no que fazer para auxiliar estas famílias, ele decidiu criar o Núcleo de Apoio a Familiares e Policiais Vítimas. Este núcleo, que funciona através da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, oferece apoio a familiares e policiais vítimas no Rio de Janeiro. Entre os serviços, estão o auxílio para o reconhecimento da paternidade de filhos de policiais mortos e assistência jurídica e psicossocial, além de fornecer gratuidade para oficialização de casamento.

SEEDUC
Enquanto Secretário de Estado de Direitos Humanos Átila Alexandre Nunes firmou uma parceria com a Secretaria Estadual de Educação para
Dia de São Cosme, Damião
Andando hoje pela cidade fiquei muito feliz em ver que a tradição desse dia 27 de setembro continua mais viva
Criação do Disque Combate ao Preconceito
Assim que assumiu a Secretaria de Estado de Direitos Humanos Átila Alexandre Nunes acompanhou de perto diversos casos de preconceito