Núcleo de apoio a policias e familiares de Vítimas

Nos últimos anos, Átila Alexandre Nunes articulou parcerias entre universidades e a Secretaria de Direitos Humanos e Políticas para Mulheres. recebeu diversas mães e mulheres de policiais mortos em confrontos, ou que ficaram com sequelas gravíssimas. Pensando no que fazer para auxiliar estas famílias, ele decidiu criar o Núcleo de Apoio a Familiares e Policiais Vítimas. Este núcleo, que funciona através da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, oferece apoio a familiares e policiais vítimas no Rio de Janeiro. Entre os serviços, estão o auxílio para o reconhecimento da paternidade de filhos de policiais mortos e assistência jurídica e psicossocial, além de fornecer gratuidade para oficialização de casamento.Nos últimos anos, Átila A. Nunes recebeu diversas mães e mulheres de policiais mortos em confrontos, ou que ficaram com sequelas gravíssimas. Pensando no que fazer para auxiliar estas famílias, ele decidiu criar o Núcleo de Apoio a Familiares e Policiais Vítimas. Este núcleo, que funciona através da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, oferece apoio a familiares e policiais vítimas no Rio de Janeiro. Entre os serviços, estão o auxílio para o reconhecimento da paternidade de filhos de policiais mortos e assistência jurídica e psicossocial, além de fornecer gratuidade para oficialização de casamento.

Treinamento de Funcionários Públicos em Libras – PL 4440/2016
Treinamento de funcionários públicos em libras para melhor atender os surdos e mudos. Para que o atendimento nos órgãos de
Alimentação para Todos – PL 4361/2016
As escolas devem oferecer alimentação especial para crianças portadoras de doenças que exijam uma dieta diferenciada. É de autoria de Átila
O Dia do Jovem Umbandista
Combatendo sempre a Intolerância Religiosa, Átila Alexandre Nunes criou a Lei 5575/13, que reconhece e estimula a participação dos jovens