Criação do Conselho estadual dos Direitos Indígenas

Dar voz às comunidades indígenas é de extrema importância para o exercício cívico destas pessoas. É um grupo pouco representado politicamente e através deste conselho da criação deste conselho, eles podem ter uma voz mais ativa na elaboração de programas sociais, econômicos, culturais e educativos. Somente dessa forma será possível criar políticas públicas para o desenvolvimento das comunidades indígenas aldeadas e de contexto urbano. É preciso conscientizar a população sobre a importância do respeito e da preservação da cultura indígena, que é parte da história do Estado e também do Brasil.

Núcleo de apoio a policias e familiares de Vítimas
Nos últimos anos, Átila Alexandre Nunes articulou parcerias entre universidades e a Secretaria de Direitos Humanos e Políticas para Mulheres.
O Dia do Jovem Umbandista
Combatendo sempre a Intolerância Religiosa, Átila Alexandre Nunes criou a Lei 5575/13, que reconhece e estimula a participação dos jovens
Centro de Cidadania LGBT Sul Fluminense
Em março de 2018, Átila Alexandre Nunes inaugurou o Centro de Cidadania LGBT Sul Fluminense, em Volta Redonda. A unidade